segunda-feira, 4 de maio de 2009

I quit



aaah! Como eu desejei esse momento! *baba*
Eu acordei com uma vontade enoorme de escrever o que eu estou sentindo. Pode parecer ruidículo [e é!], mas, eu escrevo aquilo que preciso tirar de dentro de mim, mas não tenho a capacidade de contar a ninguém. Eu aprendi a me fechar. E sei como é ruim. Escrever é uma libertação. Porque pra mim, o importante é que eu escreva. E como eu sei que quase ninguém passa por aqui... eu não acho exibicionismo dizer como me sinto. E mesmo que fosse. Essa é minha fraqueza! Não tenho peito pra falar com as pessoas, chorar pra elas... Mas, tenho pra escrever como me sinto, e chorar pras minhas teclas.



----------------------------------------------------------------------------------

"e se eu fosse o primeiro a voltar pra mudar o que eu fiz quem então agora eu seria?
(...)
e se eu for o primeiro a prever e poder desistir do que for dar errado?
(...)
ahhh se o que eu sou é tambem o que eu escolhi ser aceito a condição"


----------------------------------------------------------------------------------



Por mais bizarro que isso seja, às vezes me dá vontade de nascer de novo.
Pra fazer tudo ser diferente.

Eu queria não ter dito tantas vezes os meus sentimentos,

Queria ter dado reais chances a garotos que mostraram gostar de mim,

Porque, esquecer o que eu passei. É impossível.
Eu não tenho a mais admirável vida amorosa que alguém pode ter. Não porque aos 18, eu nunca namorei. Mas, porque aos 18 eu ja acumulo decepções que muitos tiveram no decorrer de uma vida toda.
E muitas vezes, quando eu paro pra pensar, me dá um desespero. Eu penso que eu vou viver assim pra sempre. Que os anos vão se passar... Que mais um ano vai se passar... E eu vou continuar amargando sentimentos não correspondidos.


Se o que eu sou, é também o que eu escolhi ser? É sim.
Desde a minha primeira desilusão. De verdade.
Aquela que foi o primeiro de muitos golpes; eu achei que todos iriam pensar como ele.
Eles exaltariam todas as minhas qualidades. E depois, sem motivo aparente, arranjariam outra.
A partir dali eu não achei que ninguém fosse capaz de me amar. E ainda acho.
Não me acho bonita em hipótese alguma. Sou gorda. E incapaz de despertar qualquer tipo de sentimento num garoto.
Acho que isso se agravou vendo o que meu pai fez com minha mãe.
Meu padrinho com minha madrinha.
Não acredito no amor. Não acredito que ele vá aparecer pra mim um dia.
E não é que eu não queira; eu simplesmente não consigo mais.
E mesmo me sentindo assim, eu nunca tive controle dos meus sentimentos. Infelizmente.

Eu gostei de garotos. De verdade. Mas, nunca soube lidar com isso.
Eu contava. E nada acontecia. Eu sofria. Mas, isso virou um ciclo vicioso na minha vida. E eu me cansei.

E hoje eu peço nesse blog, aquilo que pedi ontem, ignorantemente pra Deus:

'Eu não quero me apaixonar,

Não quero pupilas dilatadas,
Não quero mãos soando,

Não quero acordar e ir dormir pensando numa pessoa,

Não quero mãos dadas,

Porque eu não quero sofrer.'


Simplesmente porque eu sei que serão apenas duas pupilas dilatadas, duas mãos soando, uma pessoa acordando e indo dormir com outra no pensamento e não haverão mãos dadas.


E hoje, eu tranco-me com um cadeado, e jogo a chave fora. Não contarei mais a ninguém sobre meus sentimenos. Menino nenhum ouvirá nunca mais da minha boca as palavras: 'Desculpe, mas, eu gosto e você'.
E você, que ja teve um amor correspondido pode pensar: 'Que bobagem'.
Isso é porque você não esta cansada de viver assim.
Todos temos decepções. Mas, eu ja estraguei muita coisa.



Chega!
Eu desisto.

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi...Vc que pensa que nao tem muita gente que visita aqui. Eununca comentei ate pq eu fuco aqui de curiosae tb pq agente nunca converso muito, um dia me revelo pra vc.Mas sei la hoje eu pensei eu preciso falar algo pra ela, espero que ajude ou que faca vc pensar e rever seus conceitos.Nao acho que vc deva desistir, as coisas NAO sao assim Jaqueline..Um dia vai sair de um buraco na sua frente e vai surgir alguem de dentro dele..Mas vc nao pode estar fechada assim, eu tenho certeza que sempre tem aquele alguem, nao que va te completar pq afinal nos ja somos inteiros, mas que va somar algo com vc.De oportunidades ao novo.Eu torcerei por vc de hoje em diante e quando acontecer,mesmo que demore, eu vo falar tavendo Jaqueline o mundo nao é so lagrimas.Ps:Eu acho que vc devia marcar um dia com alguma super best sua e chorar pq chorar sozinha nao é a mesma coisa isso faz um bem enorme de verdade. Vc tem uma admiradora secreta =] E beleza é um conceito relativo o que é belo pra mim nao é pra vc. Fique com Deus.

Jaqueline L. Vieira :* disse...

seja lá quem vc for, obrigada (:

Letícia Santos disse...

Sabe.

Eu já sofri demais. Ninguém têm ideia, e quando eu quis desistir, qaundo eu resolvi realmente DESISTIR. Eu conheci uma pessoa legal (vergoinhaa).

Dói ser machucada. E algumas feridas custam a cicatrizar, eu mesma tenho umas, que nem cicatrizaram direito.

Mas o importante é ser feliz. Se você conhecer um garoto legal, dá uma chance. Ele pode acabar com seus medos e te fazer feliz.

Cuide de você, e do seu coração.

"esperar é dar uma chance à vida para que ela coloque a pessoa certa em seu caminho.

A tristeza pode ser intensa, mas jamais será eterna. A felicidade pode demorar a chegar, mas o importante é que ela venha para ficar e não esteja apenas de passagem, como acontece com muitas pessoas que cruzam nosso caminho "

te amo girl♥