domingo, 3 de maio de 2009

My Mistake

O erro é meu.

Acho que eu fantasio tanto isso pra mim, que não me cuido. Não me vigio. E não me enxergo.
E sempre perco.

Tempo.
Lágrimas.
Amizades.
Momentos.
Risos.
Pessoas.

E o que me irrita mais é ver tudo isso acontecer de novo.
E saber que o erro é meu.

Não quero mais errar.
E não vou mais.

Chega.

Um comentário:

Letícia Santos disse...

Eu acho que depende Jak;

ás vezes o erro não é seu.

é preciso analisar